Efeitos do coronavírus devem durar quase dois anos. As transformações são inúmeras e passam pela política, economia, modelos de negócios, relações sociais, cultura, psicologia social e a relação com a cidade e o espaço
público, entre outras coisas. O ponto de partida é ter consciência de que os efeitos da pandemia devem durar quase dois anos, pois a Organização Mundial de Saúde calcula que sejam necessários pelo menos 18 meses para haver uma vacina contra o novo. Isso significa que os países devem alternar períodos
de abertura e isolamento durante esse período. Diante dessa perspectiva, como ficam as atividades de lazer, cultura, gastronomia e entretenimento no centro e
em toda a cidade durante esse período? O que mudará depois? São questões ainda em aberto, mas há sinais que nos permitem algumas reflexões.
CLAYTON MELO
EL PAÍS - 13 ABR 2020


Opção de leitura em PDF